Notícias

Segundo estudo, comer linguiça aumenta o risco de câncer

Fonte: Terra

Texto A+ A-

 
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Comer uma linguiça por dia ou dois pedaços de torresmo de porco aumentam os riscos de desenvolver câncer de pâncreas em um quinto, concluiu um estudo realizado na Suiça. As informações são do jornal inglês Daily Mail.

Os cientistas descobriram ainda que qualquer vestígio de carne processada aumenta as chances de desenvolver a doença. Conhecido como "assassino silencioso", o câncer de pâncreas comumente não produz sintomas nos estágios iniciais, quando ainda pode ser combatido com grandes chances de sucesso. Por isso, tem uma das piores taxas de sobrevivência entre os todos os tipos de câncer: apenas 3% dos pacientes vivem mais de cinco anos.

O estudo, publicado no British Journal of Cancer, mostrou que consumir apenas 50 gramas de carne processada (equivalente a algumas fatias de salame, presunto, uma salsicha para cachorro-quente, dois torresmos ou uma linguiça) aumentam em 19% as chances de desenvolver a doença.

Hábitos como fumar, beber e estar acima do peso também são fatores apontados como gatilhos para o surgimento da doença.

 

publicado em 16/01/2012 às 11h19

Veja mais

 
 
 
 

Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba novidades sobre a Vita Care

Últimas notícias

Dieta mediterrânea reduz em 30% risco de doença cardíaca

Despeje um pouco de azeite de oliva, de preferência...

Segundo estudo, Ômega-3 protege o sistema imunológico contra os danos da luz solar

Segundo pesquisadores da Universidade de Manchester, na...

Proporcionamos aos idodos uma dieta adequada e todos os programas que promovam e mantenham a autonomia do idoso, além da criação de um ambiente adequado e seguro para o idoso dependente.

Copyright - 2020 Vitacare Todos os direitos reservados