Dicas Sobre Saúde

Veja quais são os alimentos bons e ruins ao controle do colesterol

Texto A+ A-

 
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

As doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no mundo e o fato delas serem silenciosas acaba prejudicando muitos diagnósticos. Um dos principais problemas é gerado pelas altas taxas de colesterol no organismo, que provocam derrame e infarto em casos mais graves. Para conscientizar a todos sobre isso, no dia 8 de agosto, foi instituído o Dia Nacional de Combate ao Colesterol.

Presente em quase todos os alimentos, o colesterol nem sempre é maléfico. "O colesterol se apresenta como um lipídeo, sempre acoplado a lipoproteínas. Conforme a carga de colesterol que carregam, elas podem ser de dois tipos: LDL, conhecido como mau colesterol, e HDL, o famoso bom colesterol", explica o cardiologista João Vicente de Silveira, da Unidade Anália Franco do Hospital São Luiz.

O colesterol possui funções estratégicas no organismo, como servir de matéria-prima para a produção do ácido biliar, mas seu mau consumo pose ser altamente prejudicial ao coração. O colesterol em excesso é depositado pelo organismo na parede dos vasos sanguíneos e é oxidado. Esse acúmulo pode provocar inflamação e até o rompimento das artérias.

A fonte de colesterol em nosso corpo vem basicamente dos alimentos que consumimos. Confira alista dos alimentos bons e ruins ao controle do colesterol que a nutricionista e especialista em fisiologia do exercício Priscilla Baracat concedeu ao Portal Terra.

 

Carne vermelha - A carne vermelha é vilã porque contém grande quantidade de gordura saturada e é a carne que mais dificulta a digestão. Em contrapartida é rica em vitaminas e aminoácidos essenciais e se consumidas de maneira adequada podem sim fazer parte da alimentação. Para melhorar o consumo, existem cortes mais magros, sem exagerar na porção. Um pedaço pequeno, duas vezes por semana.

Aves com pele - Carne branca é sempre uma boa opção, mas no caso de um frango assado, por exemplo, é preciso tomar cuidado com a pele, pois é nela que se concentra a maior parte da gordura, a qual é predominantemente saturada e rica em colesterol.

Chocolate - Pode comer, mas para quem quer manter o peso deve limitar o tamanho do pedaço, pois é rico em gorduras e calorias. Além disso, se consumido em excesso, pode elevar o colesterol.

Manteiga - A manteiga é rica em gordura saturada que, em excesso, pode aumentar os níveis de colesterol e ser prejudicial ao coração.

Leite integral - Por ser de origem animal, o leite possui gordura rica em colesterol.

Leite desnatado - Uma opção boa para combater o colesterol é o uso de leite desnatado que, além de manter os níveis de cálcio, têm a quantidade de gordura bem inferior ao leite integral. O leite semi-desnatado pode ser uma boa opção para quem não se adapta ao leite desnatado.

Pão tradicional - É um alimento engordativo e possui gordura também, além de possuir menos vitaminas que a versão integral.

Pão integral - O pão integral é uma boa opção, mas ainda existem as versões light, que têm menos gordura. Os alimentos integrais são ricos em fibras e possuem mais vitaminas que as versões tradicionais. As fibras auxiliam no funcionamento intestinal e ainda têm o poder de diminuir o índice glicêmico do alimento evitando picos de insulina no sangue e prevenindo ou controlando o diabetes.

Peixes - Os peixes grelhados são ótimos aliados ao colesterol e, portanto, ótimas alternativas à carne vermelha.

Queijo branco - Quando for fazer um lanche, optar por queijos brancos, como o frescal, cottage e ricota.

Peito de peru - Para complementar o lanche, o peito de peru é uma boa opção, por conter menos gorduras. Para complementar, use alface, tomate, beterraba e cenourinha picadas.

Presunto - Tente evitar alimentos gordurosos, como o presunto e apresuntado.

Pipoca de panela - A pipoca de panela é mais saudável porque podemos escolher prepará-la com menos óleo e ainda podemos escolher óleos mais saudáveis, como o de canola, milho ou soja, por exemplo.

Pipoca de micro-ondas - As pipocas de micro-ondas possuem grande quantidade de gordura e, além disso, podem conter gordura trans e manteiga.

Salgadinhos - Estes alimentos processados são fontes de sódio e ruins para o colesterol.

Castanhas - Para substituir os salgadinhos, as castanhas são uma boa opção. Em geral são saudáveis, pois possuem gorduras monoinsaturadas, as quais são benéficas ao coração, mas não deixam de ser gorduras e por isso possuem grande quantidade de calorias. Para quem não quer aumentar o peso não passe de 1/2 xícara por dia.

Óleo vegetal - Óleos vegetais são mais saudáveis se forem submetidos ao calor, mas sem exagero na quantidade e no tempo de aquecimento, pois pode satura-se.

Azeite - O azeite é mais saudável se consumido cru, pois é rico em gorduras monoinsaturadas e tem o poder de diminuir o colesterol ruim e aumentar o bom. Mas também devemos ficar atentos na quantidade, pois as calorias são as mesmas. Lembrando que o azeite é a gordura mais fácil de saturar e, portanto, se aquecida perde os seus valores nutricionais e torna-se saturada mais rapidamente que os demais óleos.

Margarina - A margarina é uma boa opção, desde que ela seja livre de gordura trans. A gordura trans é uma gordura modificada e hidrogenada que faz com que os níveis de colesterol bom, que é o HDL, baixem no sangue, além de aumentar o LDL.

 

 

(Com informações: Portal Terra)

 

publicado em 08/08/2011 às 14h09

Veja mais

 
 
 
 

Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba novidades sobre a Vita Care

Últimas notícias

Dieta mediterrânea reduz em 30% risco de doença cardíaca

Despeje um pouco de azeite de oliva, de preferência...

Segundo estudo, Ômega-3 protege o sistema imunológico contra os danos da luz solar

Segundo pesquisadores da Universidade de Manchester, na...

Proporcionamos aos idodos uma dieta adequada e todos os programas que promovam e mantenham a autonomia do idoso, além da criação de um ambiente adequado e seguro para o idoso dependente.

Copyright - 2020 Vitacare Todos os direitos reservados