Dicas Sobre Saúde

O exercício físico na terceira idade mantém e melhora as atividades de vida diárias

Texto A+ A-

 
O exercício físico na terceira idade mantém e melhora as atividades de vida diárias

A saúde na terceira idade depende, sobretudo dos cuidados no passado. A qualidade de vida depois dos 60 é determinada pelas atividades que a pessoa desenvolveu e também da forma como a ela se alimentou até lá. Com a idade, a pessoa perde força nos músculos – que atrofiam aos poucos – e ganha gordura. Contudo, é possível reverter os efeitos do tempo.
O exercício físico na terceira idade mantém e melhora as atividades de vida diárias como: tomar banho, fazer compras ou dirigir. Uma pessoa sedentária pode começar com 15 ou 20 minutos diários de caminhada, o que já surte efeitos positivos. Segundo a professora de Educação Física da Universidade de Brasília (UnB), Marisete Safons, especialista em saúde na terceira idade, a prática do exercício deve ser regular, apoiada em disciplina e estruturada numa seqüência lógica.

O ideal é que a pessoa se submeta a uma avaliação médica antes de começar uma prática desportiva. "A análise leva em conta as condições de saúde – se a pessoa é hipertensa, se tem artrite, osteoporose, fibromialgia ou se toma medicação, etc", avalia Marisete. A especialista lembra ainda que existem atividades apropriadas para cada indivíduo. "Para quem tem osteoporose ou constituição física frágil a musculação é uma modalidade recomendável”, diz.

Um profissional de Educação Física também deve ser acionado para uma avaliação pré-atividade física. Um questionário (anamnese) é aplicado para ajudar na identificação de práticas mais adequadas. A pessoa deve ser absolutamente sincera e precisa nas respostas para garantir um diagnóstico correto. A avaliação física e funcional vai detectar as atividades mais recomendadas. Se a pessoa tiver boas condições de saúde não há exercícios contra-indicados.

De começo, equilíbrio – A pessoa que não é acostumada ao exercício físico deve conter a ansiedade inicial. “Não adianta querer recuperar 70 anos de vida sedentária de uma só vez”, alerta Marisete. As precauções não se restringem ao ritmo das atividades. No caso do uso de remédios, medicação e exercício devem caminhar juntos. A pessoa não deve, em hipótese alguma, suspender o uso dos medicamentos por conta própria.

As atividades recomendadas aos idosos estão no âmbito biopsicossocial: Bio (biológico) – O exercício influi em aspectos funcionais (internos) e visa o aumento da força, da flexibilidade, do equilíbrio e da função cárdio-vascular; Psico (psicológicos) – O trabalho físico aumenta a disposição, melhora a auto-imagem, a auto-estima e a sensação de bem-estar; Social – A reinserção do indivíduo no grupo social e a ampliação das relações sociais são benefícios da prática desportiva.

Os ganhos no aspecto psicossocial são notados na primeira e segunda semana depois de iniciados os exercícios físicos, ao passo que os benefícios biológicos chegam entre a 12ª e a 16ª semana.
SaudePrev

 

publicado em 12/04/2010 às 09h27

Veja mais

 
 
 
 

Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba novidades sobre a Vita Care

Últimas notícias

Dieta mediterrânea reduz em 30% risco de doença cardíaca

Despeje um pouco de azeite de oliva, de preferência...

Segundo estudo, Ômega-3 protege o sistema imunológico contra os danos da luz solar

Segundo pesquisadores da Universidade de Manchester, na...

Proporcionamos aos idodos uma dieta adequada e todos os programas que promovam e mantenham a autonomia do idoso, além da criação de um ambiente adequado e seguro para o idoso dependente.

Copyright - 2020 Vitacare Todos os direitos reservados